RONALDOEVANGELISTA


Comentando Lost



Direto na tradição de séries de psicodelia pop como Twilight Zone e The Prisoner, Lost é das coisas mais divertidas. Jogando no liqüidificador romance, comédia, ficção científica, drama, plasticidades, teorias e possibilidades e uma narrativa das mais interessantes, que transborda seus próprios formatos, a série é como futebol, política, Suzana Vieira, Maísa, o futuro da mercado fonográfico: inspira e funciona melhor acompanhado de conversas-fiadas infinitas a respeito.

Matias, lenda da análise de popices, é sempre incansável interlocutor de longos papos sobre a série e daí por diante, então sempre acabávamos gastando mais tempo comentando episódios do que os assistindo - parte da graça, como você leu no parágrafo acima. Conclusão óbvia, então, gravarmos os papos como uma espécie de podcast, mas com o plus a mais de ser uma faixa de comentários do episódio ele mesmo. Nós damos play e rec daqui, você dá play e play daí. Assistimos juntos e vamos deixando as idéias fluírem.

Uma mesa redonda de dois, que parte de Lost pra chegar em cinema dos anos 70, quadrinhos dos anos 80, Kubrick é Beatles versus Godard é Velvet e infinitas citações e cruzamentos de referências e idéias de nerdices afins.

Baixe aqui ou sai ouvindo aqui:



Curtiu?

Marcadores:

0 Responses to “Comentando Lost”

Postar um comentário

Links to this post

Criar um link

Busca


[All your base are belong to us]

Evangelista Jornalista
Investigações Artísticas

*Anos Vinte







@evansoundsystem



Feed!



© 2001-2010 Ronaldo Evangelista