RONALDOEVANGELISTA


Estou entregue a ponto de estar sempre só


O show do Jeneci ontem no Cedo e Sentado foi coisa séria, seríssima. Tudo tão lindamente delicado que todo mundo saiu de lá flutuando. Cada música mais bonita que a anterior, passei o show inteiro emocionado. O Jeneci tem aquele raro talento de achar a nota, o acorde, o som, a entonação, a palavra exata pra tocar naquele lugar especial que você guarda bem guardado dentro de você. Eu sabia que ia ser legal, mas não esperava tanto. Mas já devia ter desconfiado: o cara não só toca com alguns dos meus músicos favoritos como alguns dos meus músicos favoritos tocam com ele. Eu já o achava um gênio de vê-lo e ouvi-lo tocando com o Cidadão Instigado e a Andréia Dias, entre várias outras pessoas legais, mas ontem a coisa existiu em um outro nível, numa categoria só dele. Tocando com ele estavam o Curumin (na bateria, alguns samples, guitarra em uma música), o Régis (guitarra, baixo, violão de 12) e a Laura (violoncelo, pandeirola e linda voz). O Jeneci tocou wurlitzer, órgão, acordeão, violão, guitarra e cantou. E não houve um único som tocado durante o show inteiro que estivesse fora do lugar, nenhuma nota a mais ou a menos.

Aqui, "Amado", parceria dele com a Vanessa da Mata.
Aqui, "Quarto de dormir", parceria dele com o Arnaldo Antunes.

(Foto daqui.)

Marcadores: ,

3 Responses to “Estou entregue a ponto de estar sempre só”

  1. # Anonymous Anônimo

    Musicas bonitas,letras inteligentes.Um jovem talento,de aprendizagem rapida,muita perspectiva.  

  2. # Blogger indústria

    Som da pesada..  

  3. # Blogger ronaldo evangelista

    E ele ainda nem gravou seu disco. Ou seja: é mané quem perder os próximos shows - sejam eles quando forem.  

Postar um comentário

Links to this post

Criar um link

Busca


[All your base are belong to us]

Evangelista Jornalista
Investigações Artísticas

*Anos Vinte







@evansoundsystem



Feed!



© 2001-2010 Ronaldo Evangelista