RONALDOEVANGELISTA


O LSD e um dia na vida de George


A partir dali, não tinha mais volta. A gente via o passado e o futuro, o tempo parava. Não tinha nada a ver com ficar chapado. É devastador, porque atinge o corpo, a mente, o ego. É perturbador, como se alguém de repente apagasse tudo que a gente aprendeu ou acreditou desde criança e dissesse: "Não é nada disso". A gente vai longe demais, os pensamentos ficam muito elevados e a gente acha que não tem jeito de voltar.

George Harrison, contando da sua primeira viagem de ácido, em abril de 65, com John e as respectivas esposas, Pattie e Cynthia.

Li aqui.

Marcadores: ,

1 Responses to “O LSD e um dia na vida de George”

  1. # Blogger Mariá

    e depois ainda veio com aquele papinho de "aleluia, hare hare..."

    prefiro o paul.
    mesmo sendo nazi!
    :-)

    beijão.  

Postar um comentário

Links to this post

Criar um link

Busca


[All your base are belong to us]

Evangelista Jornalista
Investigações Artísticas

*Anos Vinte







@evansoundsystem



Feed!



© 2001-2010 Ronaldo Evangelista