RONALDOEVANGELISTA


Cedo & Sentado: Balanço

Depois de nove meses de Cedo & Sentado sob minha curadoria, essa é minha última semana por trás do projeto. Eu sigo daqui, com projetos novos que continuam tendo a ver com boa música nova, mas não necessariamente com shows (ou não só), e o Cedo segue de lá, sob a mesma programação dos shows principais.








O Cedo & Sentado era, até o começo do ano, um horário de shows um pouco mais cedo que a atração principal da noite e em um palco menor, que rolava às sextas e sábados no café do andar de cima do antigo Studio SP, na Vila Madalena. Quando aceitei o convite e assumi a curadoria, o projeto passou a cinco dias por semana (um deles, dedicado a uma nova galera do jazz) e, com a mudança pra Augusta, invadiu o palco principal e se tornou gratuito.










Entre fevereiro e outubro, foram mais de 100 shows, de mais de 50 artistas diferentes. Desde sempre dedicado a novos artistas e projetos especiais, o Cedo foi a oportunidade ideal para oferecer espaço para os cantores e bandas mais interessantes, de todos os estilos, que vi surgindo e crescendo enquanto escrevia sobre música brasileira, jazz e música pop, especialmente pra Folha.






Entre os que mais me encheram de orgulho, entre tantos também legaizíssimos, tocaram no Cedo & Sentado:

Mallu Magalhães



Beto Villares


Lulina


Junior Boca (com Marcelo Cabral e Mauricio Takara)


Tulipa Ruiz


Le Rock Démodé


Monique Maion


Marcelo Jeneci


Projeto Coisa Fina


Silvia Machete


*

Entre tantos outros.

E isso é só o começo.

Marcadores: ,

2 Responses to “Cedo & Sentado: Balanço”

  1. # Anonymous cosko

    quem pode pode, quem não pode se sacode.  

  2. # Blogger Ronaldo Evangelista

    Yes, we can can.  

Postar um comentário

Links to this post

Criar um link

Busca


[All your base are belong to us]

Evangelista Jornalista
Investigações Artísticas

*Anos Vinte







@evansoundsystem



Feed!



© 2001-2010 Ronaldo Evangelista