RONALDOEVANGELISTA


VINTEONZE



Os ventos de mudança ventam com a mesma força e indiferença com que gira a Terra, o Natal e Ano Novo passam rápidos como o trânsito na cidade vazia, o verão segue tão modesto e constante quanto a chuva que cai nas ruas e prédios e topos das árvores. Vinte onze chegou, com a mesma falsa surpresa do frio das madrugadas em São Paulo, prometendo novidades para quem as busca e estática para os conformados.

No novo mundo que nasce das expectativas somadas e coletivas, continuam iguais e perenes vida e morte, romance e tragédia, paixões e superações, novidades sem época e restrições superadas, micropolítica e macroconsciência, minuto e milênio. Entre esperanças abandonadas e renovadas, projeções reinventadas e revitalizadas, dá para saber com certeza que, atento alerta, as virtudes continuam sendo suas próprias recompensas e os medos suas próprias prisões.

A nós, nadar juntos no lago e oceano de possibilidades, promessas e mistérios que agora habita nosso ar, dividindo generosidade e insegurança, carregando o orgulho dos erros e a desconfiança das definições, purificando o que há de ser purificado, vivendo o aleatório e o planejado, tempos aceitos e fôlegos tomados. Um brinde à cidade, aos altos e baixos, ao silêncio e ao barulho, à proximidade e à distância, ao amor e à indiferença, ao sim e ao não, a tudo que existe e ainda não existe. Na humildade, salve. Bem vindo, dois mil e onze.

Marcadores: ,

0 Responses to “VINTEONZE”

Postar um comentário

Links to this post

Criar um link

Busca


[All your base are belong to us]

Evangelista Jornalista
Investigações Artísticas

*Anos Vinte







@evansoundsystem



Feed!



© 2001-2010 Ronaldo Evangelista